Menu

Imprensa

Três inspirações para as mulheres que querem atuar na Defesa

Profissionalismo, competência e determinação impulsionam o avanço das mulheres nas áreas de Defesa e Aeroespacial. A premissa é confirmada por três grandes mulheres que atuam nesses setores: Brigadeiro Carla Lyrio Martins, Major Daniele Lins, ambas da FAB (Força Aérea Brasileira), e Juliana Barros Gonçalves, especialista em Sistemas de Tráfego Aéreo da Atech, empresa do grupo Embraer.

Na noite da última quinta-feira (19), elas falaram sobre suas trajetórias, desafios e da tecnologia aplicada às suas atividades na live “Mulheres na Defesa“, realizada pelo canal do Defesa Aérea e Naval no YouTube, o DAN TV.

Diretora do Hospital Central da Aeronáutica, a Brigadeiro Carla escreveu uma nova página na história da Aeronáutica ao ser a primeira mulher promovida ao posto de Oficial-General, em novembro passado.

“A Força Aérea tem valores muito sólidos, muito positivos e esses valores favoreceram o acolhimento das mulheres. Nosso papel é muito reconhecido e ombreado aos homens, uma carreira que empolga, que motiva e tem infinitas possibilidades”, disse a Brigadeiro.

Durante a live, ela também revelou os desafios de comandar um hospital em plena pandemia.

“É lidar com o desconhecido, um inimigo improvável. Realmente a gente precisa de muita adaptabilidade, de muita flexibilidade e também da tecnologia. A tecnologia facilita a coordenação, a interação, e orienta a tomada de decisão, e é o que temos usado aqui”, conta Carla, que é médica e está há 31 anos na FAB.

Juliana falou sobre sua trajetória desde a faculdade, quando era a única mulher em sua turma de engenharia, até os desafios atuais como gerente do Programa de Desenvolvimento do SIGMA (Sistema de Gestão de Fluxo do Tráfego Aéreo) da Atech, empresa do Grupo Embraer.

Ela ainda destacou a vanguarda do Brasil na área de sistemas de tráfego aéreo, da qual disse sentir orgulho em atuar. “Inclusive em muitos segmentos, a gente é referência [para outros países]”, destacou.

Há 18 anos na Força Aérea, sendo 10 dedicados à aviação de caça, a Major Daniele é chefe da seção de transformação digital do CINDACTA1 (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo), em Brasília. Ao DAN TV ela também falou sobre sua carreira e sobre sua atuação no processo de regulamentação do setor de aeronaves não-tripuladas, os drones.

“É um desafio permitir a entrada de novos players no ambiente aéreo sem colocar em risco todo movimento que já existe muito bem regulado há mais de 76 anos”, afirmou a Major.

Ela e a engenheira Juliana destacaram ainda o importante papel da educação das crianças na promoção da igualdade no mercado de trabalho. “É uma questão de estudo, de capacidade, e obviamente de querer, de conhecimento. Tirar as nossas meninas da bolha, para elas se enxergarem capazes de ser uma piloto de caça como a Major, ou até uma astronauta. Temos esse papel, como mãe, de apresentar todas as possibilidades”.

Clique aqui para assistir a live na íntegra.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Entre em contato

Email: contato@atech.com.br
Tel.: 55 (11) 3103-4600
Rua do Rocio, 313 – 5° andar
Vila Olímpia – São Paulo – SP

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Criado pela Intelligenzia