CategoriesLogística,  Senior

Saiba como a Internet das Coisas está transformando o transporte em indústrias altamente reguladas

As mudanças no perfil da demanda estão provocando importantes mudanças que permitem à área de logística adotar uma série de tecnologias, e a Internet das Coisas tem um papel importante no desenvolvimento de operações com alto nível de visibilidade, um aspecto importante, especialmente no caso das Indústrias altamente reguladas.

No caso do setor de saúde, por exemplo, a indústria farmacêutica deve seguir uma série de regulamentações que buscam das empresas responsáveis ​​pelas operações logísticas um alto nível de controle sobre a distribuição de produtos, garantindo a qualidade e a conformidade dos medicamentos. Neste cenário, tecnologias baseadas em Internet das Coisas, como a instalação de investimentos conectados, são uma revolução no modo como as operações logísticas são geridas, especialmente com o crescimento dos investimentos em transformação digital.

Uma pesquisa publicada no ano pela Capgemini sobre o impacto da transformação digital na cadeia de suprimentos aponta que, entre os 337 entrevistados, 94% indicaram que a visibilidade na logística é uma tecnologia chave para ganhar mais eficiência. De acordo com o estudo, que entrevistou profissionais de mais de 20 países, 75% indicavam que a transformação digital.

Ao mesmo tempo, para 2020, 94% dos entrevistados indicaram que receber receber mais atualizações em tempo real sobre o status de toda a cadeia de suprimentos, e 94% querem usar mais Analytics para avaliar o desempenho de seus fornecedores.

Continue acompanhando nosso post e entenda como a Internet das Coisas vai possibilitar o cumprimento desses objetivos:

Visibilidade de toda a cadeia de suprimentos

A área de logística está sempre focada em maximizar a eficiência para reduzir custos de transporte e armazenamento. Para isso, é preciso criar uma série de otimizações ao longo de toda cadeia, e a visibilidade completa é essencial para identificar pontos de melhoria, tomar decisões efetivas de maneira ágil e reduzir o tempo necessário para detectar falhas.

Dispositivos móveis, como RFID (Radio Frequency Identification), scanners de códigos de barras e outras tecnologias permitem uma visibilidade muito maior da cadeia de suprimentos e um controle mais amplo das operações. Cada vez mais empresas estão usando RFID hoje para obter mais precisão do seu inventário e processar mais rapidamente ordens de pedidos, reduzindo os custos de mão de obra.

Essa inteligência dá às organizações a possibilidade de melhorar a eficiência das operações logística em tempo real, por meio de decisões mais embasadas.

Gerenciamento da frota

No caso das indústrias altamente reguladas, a gestão da frota é importante não apenas para maximizar a produtividade e a eficiência operacional, reduzindo o downtime, mas também para garantir a qualidade dos itens durante a distribuição.

Por meio de scanners mobile, computadores e sistemas RFID, é possível ganhar uma visibilidade muito mais ampla desses ativos para garantir a conformidade com a regulamentação. Ao substituir as ordens de trabalho físicas por versões digitais, em dispositivos mobile, os técnicos economizam tempo e aumentam a relevância e a precisão dos dados. Com isso, é possível obter insights do histórico de manutenção, das peças e do inventário de registros para prevenir falhas durante os trajetos.

Com o uso de dispositivos conectados, as empresas podem capturar, compartilhar e gerir dados de todos os ativos em movimento, e o alto nível de conectividade permite às organizações se comunicar facilmente com motoristas em qualquer lugar, facilitando a tomada de decisões e a proatividade nos reparos necessários detectados por sensores implementados em contêineres e veículos em movimento.

Essa visibilidade, além de dar mais segurança aos técnicos, reduz a possibilidade de danos à carga e os custos gerados pelo downtime. Por meio desses insights, as empresas ainda podem alocar os profissionais mais preparados para diferentes ocorrências em campo e tomar ações antes que os problemas ocorram.

As soluções OKTO para Logística realizam a gestão e a governança de processos logísticos globais de maneira confiável, segura e com alto desempenho, integrado com sistemas industriais, administrativos e logísticos para dar às empresas o necessário para ter controle total e visibilidade às empresas de indústrias altamente reguladas .

CategoriesLogística,  Senior

Veja como monitorar a gestão logística de ponta a ponta

A capacidade de monitorar a gestão logística de ponta a ponta, com visibilidade total de toda a cadeia de produção, é fundamental para manter as empresas, permitindo a tomada de decisão em informações e atualizadas. Afinal, os gastos com logística são altos e representam 7,6% da receita líquida das empresas brasileiras, considerando custos com transporte, estoque e armazenagem, segundo o Panorama ILOS Custos Logísticos no Brasil – 2017. O relatório também aponta que esses custosos logísticos correspondentes correspondentes a 12,3% do PIB nacional.

Em uma economia globalizada e os seus consequentes desafios para reduzir custos, aumentar a eficiência e atender a clientes mais exigentes, o uso de novas tecnologias que entreguem maior visibilidade da gestão logística é imprescindível para dar mais agilidade e inteligência às operações. A falta de transparência em toda a cadeia de suprimentos pode levar a decisões erradas, oportunidades perdidas, aumento de custos e perda de clientes.

Uma digitalização da cadeia de suprimentos

Segundo a consultoria Gartner, é preciso investir na digitalização da cadeia de suprimentos, envolvendo não apenas a empresa, mas também seus parceiros, identificando como áreas mais estratégicas para o negócio e para os clientes.

Para os analistas, a maior visibilidade e melhor gestão logística ponta a ponta pode aumentar drasticamente a eficiência de toda a cadeia de suprimentos. Mas, para isso, é preciso investir na integração entre sistemas, possibilitando a coleta e análise de dados, obtendo insights que permitam identificar oportunidades para reduzir custos e otimizar processos.

Com visibilidade, provedores de serviços logísticos podem implantar uma “cadeia de suprimentos orientada para a demanda” e, assim, ter mais controle, uma melhor comunicação com todos os parceiros, mais agilidade para atender a novas demandas, capacidade de resolver problemas de forma proativa e oferecer melhores serviços ao cliente.

E é essa visibilidade que vai evitar interrupções na cadeia de suprimentos, antecipando problemas. De acordo com o último relatório elaborado pelo Business Continuity Institute, essas interrupções, provocadas por falhas de fornecedores, greves de motoristas, desastres naturais, entre outros motivos, resultam em queda de produtividade (55%) e aumento dos custos (46%).

A logística 4.0

Essa inteligência na gestão logística proporcionada por novas tecnologias, integrando dados de sistemas industriais, administrativos e logísticos da empresa, parceiros e operadores, é a base da logística 4.0, fornecendo suporte para produtos existentes e, também, reduzindo o tempo de entrada no mercado para novos produtos e serviços.

Essas novas tecnologias incluem a Internet das Coisas e seus sensores, computação na nuvem, Big Data e automação com uso de robótica, veículos autônomos e realidade virtual.

A integração do rastreamento entre fábrica, armazéns, transporte e entrega, combinado à capacidade de alertas em tempo real, permite que produtores, fornecedores, parceiros e clientes gerenciem melhor o desempenho e riscos da cadeia logística. Juntar as peças desse quebra-cabeça logístico leva a um gerenciamento mais holístico e em tempo real de todo o ecossistema, mudando de uma gestão logística fragmentada para uma abordagem integrada de gerenciamento ponta a ponta da cadeia de suprimentos.

Como aumentar a visibilidade na cadeia de suprimentos

Tecnologia e pessoas. Esse é o binômio capaz de gerar verdadeiras melhorias operacionais. A tecnologia entrega as informações e as pessoas decidem quais ações são as mais adequadas.

Então, como aproveitar esse novo cenário para otimizar a gestão da logística?

Em primeiro lugar, é preciso facilitar a comunicação entre todas as partes envolvidas, definindo quais dados devem ser compartilhados, e com quem, em todos os estágios da cadeia de suprimentos.

Em segundo lugar, defina seus indicadores de performance, estabelecendo metas e prazos. Avalie sempre quanto falta para atingir uma meta e quais resultados já foram alcançados.

Em terceiro lugar, é hora de mensurar os resultados obtidos com a maior visibilidade no monitoramento das operações logísticas. Identifique se já houve redução de custos, melhora no planejamento e administração do transporte e melhor atendimento ao cliente. Compartilhe os resultados com os parceiros e avalie se eles também já registraram melhorias em seus processos. Aproveite para identificar falhas e fazer pequenas correções.

E, finalmente, adquirir um parceiro tecnológico capaz de entregar soluções inovadoras para realizar uma gestão e a governança do processo logístico global com confiança, segurança e alto desempenho, integrando sistemas industriais, administrativos e logísticos de todos os envolvidos. O conjunto de soluções de gestão de ativos e logística OKTO , desenvolvido pela Atech, é capaz de agregar mais inteligência á sua gestão logística.

Proudly powered by Wpopal.com