CategoriesGestão de Ativos,  Mineração,  Pro

Conheça 5 benefícios de uma plataforma para gestão de ativos no setor minerador

O setor minerador sempre lidou com condições adversas, mas os players têm as inovações no radar, e estão se reposicionando para o futuro. A adoção acelerada de tecnologias digitais, inteligência artificial e soluções de análise está transformando o setor minerador. Após vários anos de provas de conceito, no entanto, as empresas de mineração estão começando a reconhecer que a mina inteligente não é apenas uma peça de tecnologia. Para impulsionar mudanças reais e perceber o valor prometido por inúmeros casos de uso, os mineradores provavelmente também estão transformando a maneira como otimizam seus modelos operacionais, tomam decisões, atraem e treinam talentos, se envolvem com seus stakeholders e otimizam os recursos, o que só é possível quando se tem todas as informações contextualizadas dentro de uma plataforma única de gestão de ativos.

No setor minerador, a necessidade de monitorar a condição dos ativos em tempo real e predizer falhas com semanas ou meses de antecedência tem impulsionado a adoção de tecnologias avançadas de automatização e análise de dados, mas o caminho de implementação dessas soluções nem sempre é claro. Para tirar real proveito dessa evolução, aumentando a velocidade, a eficiência e o controle das operações, é preciso unir a eficiência operacional do mundo 4.0 à combinação certa de tecnologias, criando um ciclo contínuo de melhoria e desenvolvimento de ponta a ponta.

Por meio de produtos e serviços altamente personalizados e integrados aos mais diversos sistemas de controle, sempre adequados às demandas de acordo com seu estágio rumo à máxima eficiência e maturidade digital, é possível promover e impulsionar a transformação no setor minerador.

Inovações recentes nas soluções de gestão de ativos incluem plataformas seguras baseadas na nuvem, acessibilidade de dispositivos móveis e funcionalidade sem papel que aumentam ainda mais a facilidade de uso e a funcionalidade, gerando maior produtividade e lucratividade.

Conheça abaixo 5 benefícios de contar com uma plataforma única de gestão de ativos:

Tomada rápida de decisão

Com relatórios automatizados baseados nas necessidades de uma empresa, a plataforma de gestão de ativos e de gerenciamento de manutenção utiliza indicadores-chave de desempenho (KPIs), que são métricas de negócios usadas para avaliar fatores cruciais para o sucesso de uma organização. Isso inclui a conformidade com manutenção preventiva (MP) avaliada pela medição do desempenho estimado versus real, tempo médio entre falhas (MTBF) e tempo médio de reparo (MTTR), por exemplo.

Além disso, o sistema pode rastrear os custos de reparo de todos os equipamentos e ativos. Os relatórios podem fornecer relatórios de reparos com base no custo por peças, horas de serviço e o tempo que um equipamento ficou fora de serviço. Essas informações ajudam os gerentes a tomar decisões importantes sobre alocações de recursos, substituição e atualização de equipamentos, conforme necessário.

Manter uma programação de manutenção

No setor minerador, máquinas são peças fundamentais na produção e a sua manutenção é fundamental para a continuidade dos negócios. No sistema de manutenção em papel, esse trabalho em geral era demorado e ineficiente. Com automação, é possível criar planos de manutenção prescritiva e preditivas, atribuir tarefas e o aplicativo envia uma notificação imediatamente após a criação do trabalho. Além disso, a equipe de manutenção receberá notificações de lembretes para que eles nunca percam a manutenção programada.

Hoje, o setor minerador é altamente sofisticado, com muitos equipamentos diferentes, além de contar com diversos operadores. Por esse motivo, tempos de resposta rápidos e precisos são essenciais quando as ordens de serviço são enviadas. Sistemas de gestão de ativos são, portanto, um recurso importante que ajuda a indústria de mineração. Como todos os ativos e equipamentos são inventariados no banco de dados do sistema, ordens de serviço automatizadas que identificam o local e a parte específica e / ou equipamento que precisam de reparo ou substituição podem ser geradas com apenas alguns cliques do mouse (ou em um botão). As ordens de serviço são imediatamente transmitidas à fonte identificada (ou seja, departamento de manutenção e / ou peças, fornecedor etc.). O sistema também pode acompanhar o andamento de um reparo, garantindo assim que a ordem de serviço esteja sendo concluída como deveria.

Redução do tempo de inatividade do equipamento

Com informações atualizadas o tempo todo, é possível acompanhar os dados de funcionamento da máquina e tomar as medidas adequadas com base nos detalhes, modelos de uso e condições do equipamento, informações sobre fornecedores ou vendedores, níveis de eficiência, capacidade, detalhes da garantia, manuais de operação, notas, imagens e documentos.

Maior ciclo de vida

Com um sistema de gestão de ativos, o equipamento pode ter um ótimo desempenho, pois pequenos reparos podem ser feitos durante o seu ciclo de vida. Ao manter o equipamento regularmente, evita-se o desgaste desnecessário que pode levar à quebra ou falha do equipamento. Dessa forma, o sistema de manutenção pode ajudar as empresas a estender a vida útil de seus equipamentos.

Maior conformidade

O setor minerador é altamente regulamentado por padrões de segurança, considerando os riscos de perigos associados às suas operações. O sistema de gestão de ativos adiciona todas as informações sobre padrões, códigos e procedimentos de segurança ao seu banco de dados. Também notifica os gerentes quando as inspeções devem ser realizadas. Ao incluir esses dados, os gerentes podem se sentir confiantes de que todos os equipamentos serão mantidos e atenderão aos padrões do setor.

CategoriesGestão de Ativos,  Mineração,  Senior

Mineração: saiba como softwares de monitoramento do ativo impulsionam a produtividade

O setor de mineração enfrenta desafios únicos e mais volatilidade do que a maioria das indústrias. A tecnologia tem o poder de ajudar a superar desafios técnicos e econômicos. O correto monitoramento de ativos, por exemplo, permite que o setor de mineração aprimore a utilização e a confiabilidade dos ativos, minimize o tempo de inatividade, simplifique o planejamento das minas, otimize os recursos da frota – e sim, reduza os custos operacionais e impulsione a produtividade.

Um sistema de monitoramento de ativos e equipamentos de capital ajudará com precisão, eficácia e eficiência a trazer recursos significativos para o gerenciamento direto. A otimização do equipamento de capital e do monitoramento de ativos permite minimizar o tempo de inatividade e custos inesperados, melhorar a utilização de ativos e aumentar o ciclo de vida de ativos – o que contribui diretamente para reduzir os custos operacionais e aumentar a produtividade.

Mantendo a conformidade

Se sistemas e processos adequados de gerenciamento de ativos forem implantados para elaborar o plano de negócios e determinar instalações e equipamentos confiáveis, em conjunto com as previsões de planejamento das minas, não há razão para que as atividades de manutenção não possam ser seguidas religiosamente, como a implementação de um bom monitoramento de ativos.

O plano deve prever melhoria e atualização contínuas. E quando é a melhor hora para começar a investir realmente na melhoria e melhor monitoramento de ativos? Quando os tempos são ruins e a pressão está no nível máximo? Claro que não. Mas quando a maioria das empresas começa a fazer alguma coisa? Quando há uma crise.

Empresas “inteligentes” otimizam suas operações quando os tempos são bons; quando eles podem se dar ao luxo de fazer as alterações necessárias e, assim, colher os benefícios do aumento da receita e do lucro quando os preços das commodities estão em alta. Eles estão posicionados para estarem operando da melhor maneira possível quando o ciclo diminui.

A importância da gestão de ativos na mineração

Abaixo estão três maneiras onde uma solução de monitoramento de equipamentos contribui para o sucesso da sua operação de mineração, impulsionar a produtividade e reduzir custos.

Melhorar o orçamento e o planejamento

O planejamento e o orçamento dos ativos incluem a contabilização de todos os aspectos do ciclo de vida dos ativos e a determinação das etapas de ação apropriadas em relação à aquisição, implantação, manutenção e descarte. Um aplicativo eficaz de monitoramento e gerenciamento de ativos, como a plataforma OKTO, ajuda as empresas de mineração a desenvolver uma estratégia de manutenção inteligente que minimiza o tempo de inatividade e mantém o desempenho dos ativos em sua capacidade total, permitindo:

Acompanhar os custos totais do ativo durante seu ciclo de vida

Alocar despesas a unidades de negócios ou projetos específicos

Acompanhar os custos de manutenção de equipamentos e comparar com o orçamento

Antecipar e planejar a retirada de equipamentos antigos e a compra de novos

Monitorar a manutenção e reparos

É necessária uma imensa variedade de ativos para executar uma operação de mineração: caminhões, tratores, transportadores, perfuratrizes, guindastes, máquinas de terraplanagem, ferramentas de jateamento, equipamentos de trituração, equipamentos de análise, equipamentos de alimentação, sistemas de medição de fluxo, sistemas de combustível, bombas, geradores, equipamentos de solda… E a lista continua. Um aplicativo eficaz de monitoramento de ativos ajuda a rastrear cada peça de cada equipamento e os custos associados à sua manutenção e reparo, incluindo a capacidade de:

Configurar planos preventivos completos e acompanhar a manutenção de equipamentos

Monitorar os custos de vida útil e equipamentos até aquele momento

Prever e programar a manutenção de equipamentos com base nos padrões de uso

Agendar manutenção nas operações

Combinar as habilidades dos funcionários com tarefas de manutenção específicas

Gerenciar garantias e contratos de serviço de terceiros

Gerar alertas se os ativos estiverem funcionando fora dos parâmetros do contrato de serviço

Monitorar a localização e o movimento dos equipamentos

Obter dados e análises

Mas não basta um aplicativo capturar dados. A transformação desses dados em inteligência e insights acionáveis ​​gera a vantagem competitiva de uma empresa de mineração por meio de uso otimizado de equipamentos e custos de manutenção mais baixos. Munido de dados precisos que avaliam o custo da operação do ativo, você pode tomar decisões informadas durante todo o ciclo de vida do equipamento. Uma solução eficaz de monitoramento de ativos no setor de mineração irá entregar insights acionáveis, abordando:

Custos do equipamento por projeto e / ou localização

Custos de mão de obra nos cálculos

Relatório sobre o tempo médio entre falhas

Relatórios de serviço, incluindo análise de tarefas e requisitos preditivos de peças

Visibilidade em tempo real da operação de ativos em vários locais

Taxa de rotatividade de ativos

CategoriesImprensa Corporativa – Gestão de Ativos

Soluções de gestão de ativos Atech amplifica ganhos de segurança, controle e produtividade no setor minerador

No setor de mineração, segurança, controle e produtividade andam juntos, sempre orientados a otimizar a eficiência operacional e os resultados do negócio. As tecnologias de automação e análise de dados impulsionadas pela Indústria 4.0 oferecem recursos alinhados às principais demandas desse segmento: monitoramento em tempo real do status dos ativos, predição consistente para eliminar falhas inesperadas e ações corretivas, e confiabilidade para planejamento de processos e programação de serviços.

Esse é um dos temas abordados pela Atech no 34º CBMGA – Congresso Brasileiro de Manutenção e Gestão de Ativos e XXXIV EXPOMAN, que acontece entre os dias 12 e 18 de outubro no em Vitória (ES), e é considerada a maior feira de manutenção e gestão de ativos da América Latina.

“As soluções de gestão de ativos da Atech são aliadas do setor minerador, com o objetivo de converter perdas de produção em ganhos de produtividade e redução de custos nas minas. Nesse sentido, oferecemos a combinação certa de tecnologias 4.0 para contribuir com a evolução das operações, agregando mais velocidade, controle e eficiência em todo processo de  gestão dos ativos, passando pela execução de tarefas, programação automática e definição de estratégias de manutenção”, ressalta Fábio Vieira, responsável pelo portfólio de soluções para gestão de ativos da Atech.

A plataforma OKTO da Atech conta com soluções completas para gestão de ativos voltadas à toda a cadeia produtiva da mineração. Uma delas é a Solução para Otimização de Programação de Serviços, que realiza o mapeamento da situação real de cada ativo, e permite uma programação de forma rápida das atividades de gestão da manutenção e a gestão de ativos para conferir uma utilização mais eficiente dos equipamentos produtivos. Já a Solução para Gestão Estratégica de Ativos oferece consistentes recursos para consolidação e análise de dados estratégicos para fundamentação de tomadas de decisão, em total conformidade com as diretrizes da ISO 55000.

CategoriesBeginner,  Excelência Operacional,  Mineração

Saiba como aplicar princípios Lean na mineração

O setor de mineração enfrenta diversos desafios, que vão desde a complexidade de suas operações, excesso de capacidade aos atuais baixos preços das commodities. Para prosperar no futuro, as mineradoras devem repensar suas estratégias corporativas, melhorar as abordagens de gestão de processos e de risco e o relacionamento com seus públicos de interesse, além de avançar rapidamente na transformação digital.

O setor vem enfrentando uma retração de suas receitas provocada pela queda nos preços das comodities minerais e também a queda de produtividade, provocada pela perda da eficiência da mão-de-obra, maior necessidade de investimento por tonelada produzida e aumento no custo operacional.

Por conta disso, as empresas mineradoras estão revendo seus processos em busca de mais eficiência e redução de custos, adotando princípios Lean na sua gestão – implantando a chamada mineração enxuta, aproveitando a experiência e a mentalidade da manufatura enxuta. Nessa busca por eficiência operacional, adaptando práticas de manufatura Lean à atividade mineradora, as empresas têm alcançado alta aderência a padrões de trabalho simples e a contínua eliminação de desperdícios.

Os dois setores – mineração e manufatura – têm diversos pontos em comum, compartilhando a necessidade de:

Contar com processos de negócios eficientes

Contar com eficiência no fluxo de produção

Maximizar a eficiência operacional

Otimizar a cadeia de suprimentos estendida

Contar com robustas políticas de segurança

A cadeia logística mineral, que começa com o estudo de viabilidade da mina, até a entrega aos consumidores finais de minerais processados, é mantida através de canais e nós logísticos que transportam, armazenam e entregam usando navios, caminhões, trens, armazéns e muitos outros modais e instalações logísticas. O seu fluxo de produção segue um roteiro de atividades que engloba extração, carga, transporte e descarga, que devem estar ajustados de modo a contribuir para o bom resultado da operação.

O objetivo final dessa transformação rumo à mineração enxuta é criar portfólios competitivos e robustos o suficiente para gerar valor em vários cenários.

Como adotar os princípios Lean na mineração

Com a adoção dos princípios Lean, o setor de mineração começa a perceber os ganhos em produtividade e na forma como as equipes são lideradas. Essa jornada deve seguir algumas etapas:

Identificar valor

A base da filosofia Lean está na geração de valor. Tudo que não agrega valor ao produto final é considerado como desperdício, e o cliente não quer pagar por isso. O desperdício deve ser eliminado para maximizar o valor.

Mapear a cadeia de valor

A sua cadeia de valor engloba todos os processos de negócios da sua cadeia de produção, e é a eficiência desses processos que vai gerar valor para o seu cliente. Para adotar os princípios Lean é preciso mapear cada um dos processos, independentemente de sua criticidade, e identificar como o mesmo pode ser otimizado. O desperdício pode ser facilmente identificado com esse mapeamento e deve ser eliminado, reduzindo custos e tempo. Esse procedimento deve ser refeito com frequência.

Engajar os funcionários

Os princípios Lean pressupõem a contínua eliminação de desperdício e sua efetiva implantação no setor de mineração, assim como em outras indústrias, depende muito do engajamento não apenas dos líderes, mas também de todos os funcionários operacionais e administrativos. Para que a jornada rumo à mineração enxuta seja bem-sucedida, é importante que todos estejam envolvidos no projeto de melhoria contínua.

Esses mesmos funcionários também devem ter mais autonomia para resolver problemas e tomar decisões operacionais, já que detêm o conhecimento necessário para fazer sugestões, eliminar desperdícios e otimizar processos. O gestor deve atuar como um mentor, oferecendo as ferramentas e recursos necessários para implantar uma cultura de melhoria contínua.

O objetivo é deixar de lado a cultura de “o supervisor manda e os funcionários obedecem”. As pessoas devem estar abertas a ouvir as outras e todos podem fazer uma apresentação ou manifestar uma opinião fundamentada. Todos podem ser “resolvedores de problemas”. Além disso, para agilizar a implantação dos princípios Lean, a empresa pode investir em treinamento de gestão de resolução de problemas.

Certamente os princípios Lean podem ser aplicados com sucesso na mineração, apesar de todos os desafios. O importante é ter sempre em mente que a filosofia Lean não requer apenas mudanças nos processos, mas também uma mudança na cultura corporativa. É um processo lento que requer total dedicação. Mas, quando implantado de forma correta, os impactos positivos começam logo a ser percebidos.

 

Proudly powered by Wpopal.com