CategoriesÓleo e Gás

Como aplicar o IoT na Indústria de Óleo e Gás

É inegável a importância que o setor de óleo e gás tem para a economia mundial e, claro, a digitalização é peça fundamental para tornar as operações mais produtivas e eficientes. Assim, a  IoT também encontrou um caminho tranquilo entre as tecnologias utilizadas pela indústria, afinal, em um mercado potencial de US$ 930 bilhões nos próximos dez anos, investir em uma tecnologia que pode melhorar a performance é algo natural. 

IoT permite agregar valor a uma operação de gás e óleo, pois contribui para aumentar a digitalização e automação de processos por meio de dados gerados por sensores instalados em dispositivos, máquinas e outros equipamentos.   

Como a produção, normalmente, é extremamente complexa, distante e isolada, o uso da IoT não é uma novidade para o setor, que há anos já utiliza dados vindos de sensores para otimizar a produção e monitorar os equipamentos para evitar falhas e períodos de inatividade não programados, contribuindo para reduzir riscos e custos. 

Visibilidade e monitoramento aprimorados

Para melhorar a eficiência e aumentar a segurança, as empresas do setor precisam monitorar ininterruptamente diversos equipamentos e parâmetros de temperatura, vibração, pressão, entre muitos outros.  Assim, métodos tradicionais de transmissão de dados e conexão mostram-se limitados, ainda mais quando há um grande número de ativos monitorados. 

Dessa forma, na ausência de uma solução flexível e relativamente barata, as empresas encontraram na IoT uma saída eficiente para eliminar processos manuais, sujeitos a erros e que poderiam colocar os próprios trabalhadores em perigo.  

Manutenção inteligente

Por meio de sensores instalados em centenas de ativos, o monitoramento de condições de uso e produção é facilitado e ajuda a gerar alertas assim que uma anomalia acontece. Isso permite que as equipes de manutenção possam agir rapidamente e reduz o tempo de inatividade dos ativos. 

Segurança do trabalho

Enquanto esses mesmos sensores também contribuem para prever falhas que possam levar a acidentes, explosões e vazamentos, outros monitoram a presença de gases inflamáveis e vapores tóxicos na atmosfera. Em caso de emergência, alertas são acionados permitindo que a empresa tome as ações necessárias para prevenir desastres. 

Gestão

IoT permite que as empresas monitorem remotamente todos os equipamentos em tempo real, 24 horas por dia. E, quando necessário, também possam realizar mudanças em configurações remotamente, sem a necessidade de deslocar um funcionário para isso. Da mesma forma, é possível coletar e analisar dados relacionados à integridade das instalações, avaliando e diagnosticando possíveis danos estruturais. 

Conformidade

Além disso, com essas informações em mãos, é possível monitorar se as regras de conformidade estão sendo seguidas. 

Controle de acesso

Sensores instalados por toda a operação identificam movimentações em áreas restritas, abertura de portas e o acesso de funcionários por toda a estrutura, aumentando a segurança. 

A maioria das possibilidades de uso da IoT na indústria de óleo e gás está relacionada ao monitoramento de equipamentos, processos, pessoas e até do meio ambiente. A maior conectividade oferecida pela IoT contribui para melhorar esse monitoramento, digitalizando e automatizando processos ao máximo possível para melhorar a eficiência e segurança das instalações, reduzindo a intervenção humana. 

O uso da IoT aumenta o valor dos produtos entregues aos clientes ao mesmo tempo em que reduz custos no longo prazo. O futuro do setor é digital, então sua empresa precisa estar preparada para ser mais eficiente, produtiva e inteligente. E a Atech tem a solução ideal para sua empresa garantir a confiabilidade, integridade e bom funcionamento dos seus ativos. Fale com a gente e saiba mais. 

Proudly powered by Wpopal.com