Menu

Blog

Redes Mesh no agronegócio: saiba como dar mais conectividade ao seu maquinário

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Um estudo do McKinsey Global Institute estima que as tecnologias digitais, como Internet das Coisas (Internet of Things – IoT) e Big Data, têm o potencial de alavancar o PIB do Brasil em até US$ 200 bilhões ao ano até 2025. E o agronegócio certamente terá um grande papel nesse crescimento, em se mantendo os índices divulgados pelo IBGE, que apontam recordes da produção agropecuária, que contribuiu com 60% do crescimento da economia brasileira como um todo entre 2016 e 2017. Além disso, esse crescimento aumentou as exportações, registrando o maior saldo comercial da história do País, de US$ 67 bilhões.

De acordo com um recente levantamento da Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (CBAP), 67% das propriedades agrícolas no país já adotaram algum tipo de inovação tecnológica, dentro ou fora do campo. E toda essa tecnologia depende de conectividade, onde as redes mesh no agronegócio aparecem como a melhor opção para garantir a troca de informações. Afinal, de que adianta investir em sensores e máquinas inteligentes que produzem uma série de dados que poderiam ser usados para melhorar a estratégia de manutenção e, também, a produção, se não há como extrair e analisar em tempo real essas informações? Sem conectividade, todos os dados precisam ser extraídos, cruzados e analisados manualmente, perdendo toda a agilidade necessária para manter a competitividade.

Como funciona uma rede mesh

A rede mesh sem fio consiste em nós (pontos) de rádio organizados em uma topologia mesh (em malha), que se conectam sem fios, e sem envolver uma companhia telefônica ou um provedor de serviços de internet.

Analistas indicam que essa tecnologia deve predominar no futuro devido ao seu alto grau de escalabilidade, caráter colaborativo e baixo custo.  Redes do tipo mesh trabalham com a união de dois formatos sem fio já consagrados — Access Point, ou ponto de acesso (que distribui os dados a partir uma fonte central), e Ad-hoc (na qual cada equipamento controla sua comunicação com os demais). Na rede mesh, cada computador ou rádio ajuda a propagar os dados (funcionando como estações repetidoras), ampliando o alcance limitado do Access Point.

Em tese, não há limite para o tamanho da cobertura de uma rede de dados; ela será do tamanho do número de máquinas, terá a forma de sua distribuição geográfica e sua força será diretamente proporcional à densidade de equipamentos conectados, fazendo com que o uso das redes mesh no agronegócio seja uma vantajosa solução para garantir a conectividade.

Principais vantagens das redes mesh no agronegócio

Uma rede mesh não necessita de pontos de acesso ou de cabos para fazer a interconexão entre roteadores e clientes. Desta forma, seu custo de implementação e manutenção é consideravelmente baixo, principalmente em áreas de grande cobertura

Uma rede mesh é tolerante a falhas, ou seja, caso algum nó venha a falhar ou enfrentar algum problema, o pacote poderá passar por uma rota alternativa sem maiores problemas.  Como a rede em questão é em malha, a robustez da rede é garantida, já que o sistema encontra novas rotas dinamicamente

A rede é auto-organizável e, dessa forma, os novos nós podem ser adicionados à rede de acordo com a necessidade, sem precisar de reconfiguração ou da intervenção de um administrador de rede

É ideal para ambientes onde há falta de cabos ethernet, pois na rede mesh são utilizados múltiplos saltos e desta forma basta que um dos roteadores mesh estejam conectados à internet para que a conexão seja compartilhada e transmitida para os demais nós

As funcionalidades de gateway e bridge nos roteadores mesh permitem a integração das redes em malha sem fio com diversas outras redes sem fio, tais como redes de aparelhos celulares, sensores wireless, Wi-Fi, Wi-Max etc. Isso permite a integração de diversas redes através da utilização de redes mesh

Além dessas vantagens, as soluções de redes mesh desenvolvidas e implantadas pela Atech oferecem:

Gerenciamento e configuração remota

Diagnóstico em tempo real
Apresentação de alarmes e eventos para uma rápida identificação de falhas na rede
Monitoramento da saúde de toda estrutura de rede;
Autorrecuperação da rede em caso de perda de algum equipamento

Entre em contato

Email: contato@atech.com.br
Tel.: 55 (11) 3103-4600
Rua do Rocio, 313 – 5° andar
Vila Olímpia – São Paulo – SP

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Criado pela Intelligenzia