Menu

Insights

Os principais desafios na adoção da Indústria 4.0

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

A crescente necessidade de aumentar a produtividade e reduzir custos em ambientes de manufatura levou a um crescimento exponencial na adoção de automação no chão de fábrica. Essa integração de computação, rede e processos físicos é o que tem caracterizado a 4ª revolução industrial, conhecida como Indústria 4.0, com inovadoras tecnologias como: 

  • IoT (Internet das coisas) 
  • AI (Inteligência Artificial) 
  • ML (Machine Learning) 
  • Big Data 
  • Computação em Nuvem 

Graças a isso, as empresas que operam na Indústria 4.0 são capazes de processar com eficácia grandes quantidades de dados. Isso impulsiona fortemente seu trabalho analítico e fornece ferramentas de planejamento e monitoramento de negócios avançadas e automatizadas. 

Desafios da Indústria 4.0

Embora a Indústria 4.0 crie uma série de oportunidades, também existem alguns riscos que devem ser considerados. Vamos avaliar os principais desafios da Indústria 4.0.  

Por onde começar? 

 Embora as soluções da Indústria 4.0 mudem inteiramente a forma como os processos funcionam, pode ser muito desafiador começar a jornada. Para fabricantes que estão apenas começando sua jornada na Indústria 4.0, pode ser bastante confuso apontar quais áreas devem ser priorizadas, que problemas resolver etc. Deve ser gestão e economia de materiais? Talvez gerenciamento de ferramentas e estoque? Ou controle de qualidade e otimização de processos? 

Aqui, os fabricantes devem começar identificando as áreas mais críticas para seus negócios e que estão aquém de suas expectativas de desempenho. Eles devem se concentrar em resolver primeiro um problema principal e, em seguida, estender as soluções para outras áreas.   

Os sistemas legados  

Nem sempre há necessidade de substituir todo o equipamento e infraestrutura da empresa para implementar as soluções da Indústria 4.0 necessárias e, em muitos casos, não há necessidade de se preocupar com a integração. Muitas das soluções IoT de hoje oferecem um caminho mais fácil para a inovação e permitem que as empresas façam ajustes muito menores e adicionem inteligência, sensores e automação à estrutura existente. 

Muitos fabricantes líderes superam esse desafio adicionando novas camadas de tecnologia aos sistemas legados que continuam funcionando como antes. Isso simplifica a integração 4.0 da indústria, usando novas camadas de tecnologia para: 

  • Integrar perfeitamente todas as camadas legadas e importar os dados e funcionalidades necessários para estar em uma única estrutura 
  • Adicionar recursos de Inteligência Artificial, como previsões, alertas e recomendações. 
  • Automatizar processos manuais, como atualização de sistemas com dados ou criação de relatórios.
  • Avaliar o ROI das soluções da Indústria 4.0

Pode ser complicado estimar o ROI (Return on Investment) das soluções da Indústria 4.0, o que é mais do que suficiente para assustar algumas empresas. Os fabricantes que consideram embarcar em uma jornada tão profunda querem saber antes do tempo o que eles vão ganhar e garantir que o investimento valha a pena, o que é compreensível. 

Para realmente responder a esta pergunta, não é suficiente apresentar números sobre os possíveis desenvolvimentos futuros em qualquer campo dedicado. Em vez disso, devemos traduzir termos como IA e automação em eficiência, produtividade e similares. Isso é especialmente relevante agora, quando o corte de custos se tornou cada vez mais importante à medida que voltamos à produção em meio à pandemia de COVID-19. 

Frequentemente, fazemos exatamente isso para qualquer novo negócio de manufatura que incorporamos, ao mesmo tempo em que levamos em consideração as características específicas do fluxo de produção da empresa e as metas de aumento de lucratividade. É necessário mudar de POC (Prova de Conceito) para POV (Prova de Valor). Em outras palavras, durante o piloto da tecnologia, avalie não apenas se a tecnologia funciona, mas principalmente o valor comercial e as melhorias que ela traz. 

 A questão da cibersegurança 

 Sistemas e ferramentas interconectados apresentam riscos relacionados à segurança. É por isso que a proteção de dados é um dos principais desafios na adoção das tecnologias da Indústria 4.0. Investir em proteção de dados é simplesmente obrigatório – não apenas para evitar ataques cibernéticos, mas também vazamentos causados ​​por erros de funcionários.  

O valor dos dados 

Coletar dados de uma ampla variedade de fontes é apenas a primeira etapa. Em seguida, os dados devem ser usados para monitorar os KPIs mais críticos para o seu negócio. A IoT permite que as empresas adquiram dados massivos, mas o desafio está em transformar esses dados em inteligência.   

As empresas devem optar por soluções que lhes permitam aproveitar os dados para atingir seus objetivos de negócios. Os fabricantes são desafiados pela quantidade de dados que podem ser coletados e simplesmente não sabem como aproveitá-los para seus objetivos de negócios. Entender como aproveitar dados específicos para seus KPIs específicos é fundamental para integrar as ferramentas certas da indústria 4.0 que gerem uma melhor base para análises estratégicas.  

Receba nossos conteúdos

Preencha seu email e receba nossos conteúdos 

Entre em contato

Email: contato@atech.com.br
Tel.: 55 (11) 3103-4600
Rua do Rocio, 313 – 5° andar
Vila Olímpia – São Paulo – SP

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Criado pela Intelligenzia