Menu

Blog

Manutenção preditiva: As mudanças que a IA pode trazer

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Qualquer máquina, equipamento ou dispositivo, não importa o quão moderno seja, pode apresentar defeitos ou quebrar, mas, uma coisa é certa, eles sempre avisam quando algo errado está acontecendo, cabendo à equipe de manutenção entender esses avisos e agir proativamente para evitar interrupções. 

 Com o crescimento da adoção da Internet das Coisas (IoT) e o do uso de soluções baseadas em dados, nos mais diversos setores da indústria, as empresas conquistaram um grande aliado para reduzir o tempo de inatividade, custos com consertos e para aumentar a eficiência das operações. 

 Assim, especialistas indicam que a manutenção preditiva oferece o potencial de otimizar as tarefas de manutenção em tempo real, maximizando a vida útil dos equipamentos e evitando interrupções. 

 A manutenção preditiva nem sempre fez parte dos processos industriais, sendo criada para fins militares, e tem na tecnologia – Big Data, nuvem, IoT e seus sensores, Inteligência Artificial (IA) e aprendizado de máquina – importantes aliados para monitorar mais detalhadamente os equipamentos e detectar possíveis falhas de produção. 

 E são esses avanços tecnológicos que tornaram a manutenção preditiva mais acessível a empresas de todos os portes. Máquinas conectadas oferecem informações importantes para mensurar o desgaste de componentes, a integridade da máquina e qualidade das peças produzidas, além de permitir que o equipamento seja monitorado remotamente e, em alguns casos, tenha a capacidade de se reparar sozinho ou à distância. 

 O impacto da IoT e IA 

Sensores conectados à Internet das Coisas geram as informações necessárias para que as empresas possam monitorar todo o seu maquinário. Com o uso da IA e do aprendizado de máquina, a empresa analisa essas informações e consegue gerar alertas para as equipes de manutenção e produção sobre possíveis problemas.  

 No chão de fábrica, essas novas tecnologias são extremamente úteis para melhorar a qualidade e aumentar a rastreabilidade das peças por toda a cadeia de suprimentos, aumentando a eficiência, além de permitir que práticas sustentáveis sejam mais facilmente implementadas. Além disso, possibilita direcionar a equipe de manutenção para focar unicamente nas peças que precisam de atenção. 

 Como o monitoramento é realizado em tempo real, falhas ou desgastes mínimos são rapidamente detectados antes que se transformem em um incidente que prejudique a produção e cause prejuízos que vão além da simples paralização daquele equipamento. Como o foco é apenas nas peças que realmente precisam de atenção os custos de manutenção são reduzidos. 

 Estudo do Departamento de Energia dos Estados Unidos mostrou que um programa de manutenção preditiva pode reduzir em até 12% os custos com manutenção, em relação a um programa unicamente de manutenção preventiva. 

 Conexões inteligentes

Se há alguns anos os custos para implementar uma estratégia de manutenção preditiva eram muito altos, devido à necessidade de equipamentos e pessoal técnico especializado para implementar o hardware necessário e para analisar os resultados, com o crescimento dos dispositivos móveis e dos sistemas baseados na nuvem, essa estratégia se tornou mais fácil e barata de ser implementada. Entre em contato e conheça as soluções de gestão de redes da Atech.

Entre em contato

Email: contato@atech.com.br
Tel.: 55 (11) 3103-4600
Rua do Rocio, 313 – 5° andar
Vila Olímpia – São Paulo – SP

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Criado pela Intelligenzia