Menu

Blog

Logística 4.0: Entenda como a tecnologia está melhorando o rastreamento e a visibilidade

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

A logística 4.0, muito além de constituir processos e equipamentos conectados, significa que um número cada vez maior de dados vai permitir que funções sejam automatizadas por meio de algoritmos modernos e inteligentes, capazes de “aprender” e melhorar uma série de tarefas do dia a dia da área de logística.

A implementação de dispositivos de identificação e rastreamento, por exemplo, vai levar a um melhor desempenho na gestão do armazém e reduzir os custos de logística. Segundo dados da PwC divulgados no último ano, o investimento em indústria 4.0, especificamente na área de transporte e logística, deve crescer 5% ao ano até 2020, chegando a um total de US $ 97 bilhões no fim deste período.

Com o custo relativo ao transporte cada vez mais alto, é cada vez mais importante que os líderes de logística consigam visualizar processos de logística de maneira integrada e com um nível alto de rastreabilidade – não apenas para a cadeia de suprimentos, mas para todo o processo , desde a produção de um item até o uso de novas tecnologias.

O problema da complexidade

Segundo o Banco Mundial, no relatório de Performance da Logística (LPI), 13% a 35% das cargas não atendem aos requisitos de qualidade esperados. Esta taxa varia de acordo com o posicionamento do país no ranking.

Esses dados mostram que a falta de visibilidade pode acabar gerando uma série de prejuízos devido à falta de controle sobre os processos de logística. As organizações precisam de dados para tomar as melhores decisões e, para isso, precisam de sistemas de monitoramento e rastreamento conectado e velozes para transações praticamente imediatas e processos mais transparentes.

Como a logística 4.0 está elevada a visibilidade

Na logística 4.0 toda a cadeia se conecta: fornecedores, clientes, fornecedores de clientes e assim por diante – tudo para suprir a necessidade de maior visibilidade e controle de todo o fluxo de produtos.

Uma das tecnologias que associação sincronizar ainda mais os processos de logística com sistemas conectados aos processos de negócio foi a internet das coisas, que está dando às empresas uma visibilidade mais ampla da cadeia de suprimentos para dar base às melhores decisões, por meio do aumento da rastreabilidade.

No caso, para aumento de rastreabilidade e visibilidade, muito além do uso de aplicações de GPS em operadores de frotas, a logística 4.0 inclui a integração dos dados de dispositivos a sistemas internos, de parceiros e de fornecedores para obter rastreamento de carga e visibilidade global , bem como a simplificação e a automação de processos.

A chave para isso está não apenas nas nuvens baseadas em GPS, mas na tecnologia de radiofrequência, que fornece identidade, localização e rastreamento. Os dados recolhidos por essas tecnologias permitem automatizar processos de envio e entrega e monitorar detalhes importantes da carga e dos equipamentos, como controle de temperatura, padrão de vibrações, entre outros dados.

Um pallet, por exemplo, pode receber um dispositivo conectado para coletar uma série de dados que, associados a informações de outros sistemas, podem mostrar, por exemplo, a posição do equipamento com coordenadas, bem como condições adversas de tempo, dados de trânsito e velocidade média.

A Internet das Coisas deve movimentar um total de US $ 8 trilhões no mundo ao longo da próxima década – os investimentos na cadeia de abastecimento e logística responder por US $ 1,9 trilhão segundo um relatório de tendências elaborado pela empresa de entregas DHL.

Além da internet das coisas, as tecnologias como  big data  e análise preditiva também estão dando à área de logística mais capacidade de analisar os dados que hoje surgem de cada vez mais fontes, na medida em que o número de dispositivos conectados aumentados.

Com isso, à medida que empresas vão criar processos mais inteligentes de carregamento ou descarregamento – em operações agendadas ou não. Isso vai permitir otimizar a disponibilidade de equipamentos de carga, melhorar a programação de caminhões e maximizar seu uso com o desenvolvimento de rotas mais inteligentes com base nos dados conectados pelos dispositivos conectados.

Neste cenário, a logística 4.0 pode ajudar a minimizar os erros de processamento, aumentar o nível de planejamento dos processos de carregamento e descarregamento e automatizar uma série de tarefas de fluxo e geração de documentos.

A Atech conta com um conjunto de soluções para Logística composto por ferramentas de gestão da execução e a governança de processos logísticos globais. O objetivo é automatizar, governar e agilizar de maneira global e em tempo real a logística corporativa. Conheça soluções para a área de logística, incluindo a Gestão de Docas e Pátio, Gestão do Transporte e Rastreamento e Visibilidade.

Receba nossos conteúdos

Preencha seu email e receba nossos conteúdos 

Entre em contato

Email: contato@atech.com.br
Tel.: 55 (11) 3103-4600
Rua do Rocio, 313 – 5° andar
Vila Olímpia – São Paulo – SP

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Criado pela Intelligenzia