CategoriesManutenção,  TPM

Manutenção Produtiva Total: conceitos e benefícios

A manutenção produtiva total (TPM) visa alcançar uma produção perfeita e eliminar completamente a inatividade não planejada por meio de uma abordagem focada na capacitação dos funcionários e, assim, garantir maior desempenho dos ativos. Estudos mostram que as empresas que adotaram a estratégia conseguiram reduzir os custos com pessoal em 50% e também reduziram a queda na produção em 20%.    

Essa abordagem também visa eliminar erros cometidos pelos funcionários, acidentes de trabalho, defeitos nos produtos, desperdício de recursos, além de melhorar a eficiência. 

A TPM prevê que todos os funcionários tenham um papel importante para melhorar o desempenho das máquinas e da estratégia de manutenção. Por exemplo, o operador realiza o processo básico de lubrificação da máquina; ele não faz parte da equipe de manutenção, mas esse trabalho contribui diretamente para o bom funcionamento da máquina e reduz a necessidade de parar o equipamento para que a equipe de manutenção realize o mesmo processo. 

Como maximizar a produtividade e a vida útil

A manutenção produtiva total faz parte da manufatura lean, metodologia que traz práticas para reduzir ao máximo o desperdício de recursos, sem que a qualidade seja prejudicada. Essa busca pela melhoria contínua em uma estratégia de manutenção pode ser alcançada seguindo alguns pilares. 

 Manutenção focada

A prioridade da TPM é clara: buscar a melhoria contínua no processo de manutenção. Assim, a equipe precisa atuar proativamente e deve estar disposta a usar novas abordagens para garantir o melhor funcionamento dos equipamentos.   

Autonomia

TPM atribui algumas das responsabilidades da equipe de manutenção – lubrificação, limpeza e inspeção, por exemplo  para os operadores das máquinas.  Isso contribui para que todos tenham maior conhecimento sobre o funcionamento dos equipamentos e possam identificar rapidamente qualquer problema. 

Qualidade

Como tem foco em uma produção com “zero defeitos”, a implementação de processos de manutenção integrados ao controle de qualidade é fundamental para o sucesso da estratégia. Por meio da análise de Causa Raiz, que busca identificar a causa real de um problema, é possível detectar precocemente possíveis falhas na produção que possam aumentar o risco de interrupções dos equipamentos. 

Planejamento

Essa é a melhor maneira de evitar quebras e inatividade dos equipamentos. Com uma maior autonomia dos trabalhadores na hora de identificar possíveis falhas, é possível reduzir interrupções não programadas e, ao contrário da manutenção reativa, permite que, quando necessário, a manutenção seja realizada em horários que não prejudiquem a produção.  

Manutenção antecipada

Como garantir o melhor desempenho de uma máquina? Com o conhecimento anterior adquirido por meio da abordagem TPM. As experiências anteriores tornam as decisões voltadas para instalação e manutenção dos equipamentos mais fácil.  

Treinamento e educação

O TPM exige um investimento em treinamento e capacitação. Caso contrário, o operador não terá o conhecimento necessário para realizar uma prevenção de rotina. Então, todos os profissionais envolvidos com o equipamento precisam ser capacitados para conhecer a máquina e para detectar problemas rapidamente. Apenas com treinamento contínuo é possível garantir que a equipe esteja familiarizada com novos equipamentos e tendências. 

Segurança, saúde e meio ambiente

Zerar o número de acidentes de trabalho, zerar a poluição e zerar o stress. Uma boa gestão de ativos precisa evitar acidentes e contribuir para o bem-estar e segurança dos funcionários. A TPM garante que o chão de fábrica seja mais limpo, organizado e padronizado, garantindo um ambiente de trabalho mais seguro e saudável. Menos bagunça significa menos acidentes e, assim, maior produtividade. 

Administração

Os princípios da TPM também podem ser usados no escritório para aumentar a produtividade e reduzir o desperdício, além de contribuir para tornar a produção mais eficiente. 

Benefícios da TPM

Em um mundo ideal, máquinas não quebrariam, a produção não seria interrompida, todos os produtos seriam perfeitos e os prazos sempre cumpridos. Mas o mundo real é bem diferente, então as empresas precisam buscar estratégias para reduzir ao máximo esses problemas. No momento que os operadores das máquinas também se envolvem no programa de manutenção, os benefícios para a empresa vão além da redução nos custos de manutenção e recursos de pessoal. 

Redução de interrupções não planejadas

No momento que os operadores também assumem funções relacionadas à manutenção, eles contribuem para manter a estação de trabalho organizada e mais eficiente. A manutenção preventiva reduz erros e defeitos, o que aumenta o tempo de atividade.

Mais eficiente

O objetivo do TPM é eliminar totalmente a inatividade dos equipamentos e, assim, otimizar a produtividade. O foco passa a ser a qualidade dos produtos, não a quantidade. E o uso de métricas e análise de dados ajudam a entender qual a eficácia geral do equipamento (OEE) e contribui para a rápida identificação de problemas e como melhorar a produtividade. 

Satisfação da força de trabalho e clientes

Um ambiente de trabalho mais seguro e organizado contribui para funcionários mais satisfeitos e também permite que melhorias de qualidade sejam implementadas no processo produtivo. O resultado é a redução de defeitos e aumento da qualidade dos produtos. Equipamentos mais confiáveis aumentam a satisfação dos funcionários e melhoram a qualidade dos produtos entregues aos clientes.
 

Na indústria 4.0, a manutenção eficiente de ativos tem na tecnologia um grande aliado para tornar processos mais eficientes. Entre em contato e saiba como a Atech pode ajudar sua empresa.

Proudly powered by Wpopal.com